Archive for janeiro, 2020

Contabilidade Digital: O caminho para a evolução dos negócios.

terça-feira, janeiro 28th, 2020

Olá meus amigos. Vamos falar um pouco hoje sobre Contabilidade digital.

Quem me conhece, sabe que já tenho dito isso há algum tempo, o mercado mudou, o modo de administrar, vender o seu produto mudou, não podendo ser diferente, a Contabilidade vem passando por constantes mudança também.

Os avanços tecnológicos têm aumentado cada vez mais a capacidade do profissional da área contábil de interpretar e demonstrar resultados com mais eficiência.

Isso contribuiu para o aumento da performance e ganho de produtividade de escritórios de contabilidade e contadores, consequentemente só trouxe mais benefícios para os empresários que hoje estão inseridos nesse modelo de contabilidade.

Mas então, o que é Contabilidade Digital?

Nada mais, nada menos que um modelo de negócios para empresas que se relaciona a substituição de toda aquela parte manual dos processos de coleta e reunião de informações por soluções digitais robustas e capazes de automatizar as operações financeiras.

Como um serviço digitalizado, o ganho de eficiência e precisão de processos e informações é enorme. Se engana quem acha que a tecnologia veio para substituir o papel do contador, ela só veio para agregar e valorizar ainda mais aquele profissional que se empenha em ser realmente parceiro daquela empresa.

Benefícios da Contabilidade Digital 

O retrabalho de uma contabilidade pode ser encarado como um entrave tanto para as empresas que prestam esse serviço, quanto para a que está tomando, pois impede a escalabilidade, custa caro e impossibilita que o profissional contábil forneça informações oportunas em tempo hábil, fundamental para o auxílio na tomada de decisão.

Podemos citar alguns benefícios importantes para a empresas de serviços contábeis convencionais que se convertem em digitais:

  • Aumento significativo na produtividade; 
  • Redução nos custos de produção; 
  • Entrega de informações precisas em tempo real; 
  • Escalabilidade; 
  • Entrega de serviço com valor de alto nível; 
  • Mudança no papel de contador para consultor; 
  • Menor investimento em hardware.

Tecnologias que possibilitam a Contabilidade Digital

Boas plataformas tecnológicas trazem departamentos diferentes em uma organização para o mesmo ambiente colaborativo.

Elas são disponibilizadas em nuvem e permitem acesso de qualquer lugar apenas com um equipamento conectado à internet, contribuindo significativamente para a mobilidade de seus usuários.

Os dados são acessados por meio de um banco de dados central e compartilhados a partir de diferentes funções, como contabilidade online, finanças, parte fiscal, pessoal, controle de estoque, conexões com bancos e com entidades públicas, contribuindo positivamente para a interação entre empreendedores e seus contadores.

O Planejamento de Recursos Empresariais melhora o desempenho dos negócios, permitindo que o gerenciamento obtenha uma visão prévia e completa do desempenho de uma empresa em tempo real.

Então… Agora que você já conhece o que é e quais são os benefícios da contabilidade digital, chegou a hora de estudar as novas ferramentas tecnológicas do mercado, quem está atuando com essas ferramentas e a forma como essas tecnologias irão contribuir na melhoria da performance da sua empresa! 

Não fique para trás, acompanhar a evolução de mercado, pode ser um diferencial para o seu negócio.

Quer conhecer um pouco mais como podemos te ajudar, fala conosco!

Acredite nisso!

Thiago FariasCEO – Aci Contabilidade
Contador – Analista Fiscal – Auditor

Empreendedor: Dicas que vão te ajudar a se manter motivado

segunda-feira, janeiro 13th, 2020

Muitas pessoas tem o desejo em se tornar empreendedoras. Transformar uma ideia que adora em uma oportunidade de negócio viável é uma perspectiva interessante. Além disso, você se torna seu próprio chefe e define os próprios horários, ou seja, não precisará dar satisfações a ninguém, a não ser você mesmo.

Mas isso não é a vantagem que os empreendedores imaginam que seja. Ser seu próprio chefe significa gerenciar tudo sozinho, pois não há mais ninguém que possa fazer seu trabalho.

Como resultado, você estará sempre trabalhando, o que significa mais horas resolvendo problemas e encontrando soluções, mesmo quando o relógio já marcar o fim do expediente.

Ser empreendedor 24 horas por dia, 7 dias por semana, é mentalmente exigente e revigorante na mesma medida. Embora ter a cabeça constantemente ocupada seja empolgante no início, isso pode se tornar desgastante com o tempo, se você não tiver um momento de descanso.

Mesmo que a maioria dos empresários goste de ter serviço constantemente, em algum momento isso poderá ficar insuportável.

Assim, a qualidade do trabalho cairá e surgirão dificuldades de comunicação e perda da motivação, ou seja, todas as qualidades que um empreendedor precisa ter em abundância ao longo de sua carreira.

Dicas para se manter motivado

Você não quer fazer parte dos 70% de startups que não sobrevivem até o décimo aniversário, de acordo com estas estatísticas sobre startups, ou quer?

Então, a pergunta é: como se manter motivado quando você está sempre conectado? Aqui estão as cinco principais maneiras que podem ajudá-lo.

1. Crie listas de tarefas

As listas de tarefas são uma parte essencial do fluxo de trabalho do escritório — elas ajudam a mantê-lo organizado durante o dia, garantindo que você não perca compromissos ou tarefas importantes.

Para um empreendedor que tem muito mais com que se preocupar do que apenas funcionários e gerentes, uma lista de tarefas é essencial para trabalhar com eficiência e, consequentemente, manter-se motivado.

Não há nada pior do que entrar no escritório pela manhã, pronto para lidar com determinados projetos, apenas para descobrir que você perdeu um prazo de entrega.

Na vida corporativa, há sempre interrupções inesperadas durante o dia. Você não tem como se preparar para elas, mas pode estar sempre pronto para as tarefas das quais já tem conhecimento.

Faça checklists para diferentes itens da sua agenda — coisas para resolver diariamente, tarefas para um projeto específico, ideias de apresentação, reuniões, entre outras coisas.

Crie uma lista de tarefas detalhada e priorize seus itens de acordo com a urgência e a importância. Você encontrará algumas tarefas que podem ser tratadas posteriormente, para que possa se concentrar em outras primeiro.

Usar um checklist para gerenciar seu trabalho e o tempo é um grande motivador — não há sensação melhor do que marcar um item como concluído na lista.

Tire um tempo todas as manhãs para atualizar sua lista de tarefas e adicionar itens à medida que forem chegando.

2. Tire uma folga do trabalho

Ser empreendedor é mais do que um trabalho em tempo integral, mas isso não significa que você não possa fazer uma pausa de vez em quando.

Trabalhar o tempo todo não o torna produtivo; na verdade, se só pensar no trabalho, você acabará se sentindo mais cansado e menos inspirado.

Em vez de gastar sua energia mental planejando reuniões e estratégias de crescimento, desconecte-se por um tempo todos os dias.

Reserve alguns momentos para desligar do modo profissional: sem ler e-mails, nem atender chamadas telefônicas, etc.

Você pode dedicar este tempo à família, para ler um livro ou ouvir um podcast.

O que quer que faça quando estiver afastado do trabalho, o objetivo é revigorar a mente para que você possa voltar motivado e cheio de novas ideias.

3. Conheça pessoas fora da empresa

Como já foi dito, ser empreendedor é um trabalho ininterrupto. Mas uma das consequências disso é que você acaba gastando grande parte do seu tempo com pessoas da empresa ou, pelo menos, associadas a ela.

Você se reunirá com gerentes, funcionários, partes interessadas, parceiros e membros do conselho regularmente, mas perceberá que essas interações estão muito focadas internamente.

Como ampliar a mente, seus horizontes e as perspectivas da sua empresa se você está apenas olhando para dentro? É impossível fazer isso com um foco tão restrito.

Reserve algum tempo para se encontrar com pessoas de fora do escritório e até do seu setor, se possível. O networking sempre foi ótimo para os negócios e para impulsionar a motivação.

A sua empresa pertence ao setor hoteleiro? Talvez você possa se encontrar com um desenvolvedor de aplicativos de comércio eletrônico. Talvez o encontro leve a uma nova proposta ou à geração de conceitos inovadores.

Ao conhecer pessoas fora da sua esfera de influência, você não apenas aumenta seu conjunto de ideias e contatos, mas também se mantém motivado ao saber quantas possibilidades existem para o seu negócio.

4. Descubra hobbies

Você deve estar pensando: como um empreendedor pode sequer pensar em se dedicar aos hobbies? Mas esta é realmente uma maneira fundamental para evitar a sensação de esgotamento.

Os hobbies podem ser tão simples como realizar um curso ou praticar uma atividade física.

Como empresário, você terá dificuldade em encontrar tempo na sua agenda lotada para fazer qualquer coisa, menos para trabalhar. Mas, como já dissemos, procurar internamente não o ajudará a conceber novos planos de crescimento comercial, nem a mantê-lo motivado.

Escolha algo que você gosta de fazer e, certamente, haverá uma melhora na sua produtividade.

5. Abrace o poder do “não”

Você não pode resolver tudo sozinho, por mais que queira. Mas os empreendedores têm tanto o que fazer, que a única saída parece ser trabalhar duro.

É nesse momento que você precisa aprender a dizer “não”. É difícil dizer “não” a novos potenciais clientes ou a uma ideia da sua equipe, mas é algo que você precisa fazer.

O objetivo de dizer “não” às coisas é se dedicar ao máximo às tarefas atuais.

Ao aceitar todas as solicitações que surgirem, você até conseguirá aumentar sua lista de clientes, mas a qualidade do trabalho cairá, o que levará alguns dos seus clientes a abandoná-lo, resultando na diminuição dos seus níveis de motivação.

Em vez de assumir todas as tarefas que aparecerem, delegue algumas a outras pessoas e, se isso não for possível, rejeite-as.

Executar as tarefas atuais dando o seu melhor levará à uma maior retenção dos clientes e ajudará a mantê-lo motivado.

Principais conclusões

Ser empreendedor é um trabalho estressante em tempo integral, mas você não precisa perder a motivação por causa disso.

Mantenha-se organizado com listas de tarefas detalhadas e faça pausas regulares no trabalho.

Conheça pessoas de fora da sua empresa para impulsionar ideias e dedique tempo a “hobbies” não relacionados com o trabalho.

Por fim, aprenda a dizer “não” quando puder e a delegar tarefas a outras pessoas que possam executá-las.

FONTE: Jornal Contábil.

03 ATITUDES BÁSICAS QUE TODO EMPREENDEDOR DEVE TER

quinta-feira, janeiro 2nd, 2020

Mais um ano, mais novas oportunidades, novas idéias e novas chances de fazer diferente. Ou então, aquela hora de dar continuidade e alavancar de vez no mundo empresarial.

Vamos começar 2020 falando de 03 características que todo empreendedor deve ter:

  • VISÃO
  • CORAGEM
  • COMPETÊNCIA

Visão

Ter visão é enxergar a tendência antes que ela se concretize. É o empreendedor procurar prever o que pode ou não acontecer no futuro, assim, ele saberá como agir para esse momento que se aproxima. É identificar algo que ninguém percebeu ainda ou que pouquíssimos enxergaram. Como fazer isso? Não é tão previsível como se pensa, mas um dos pontos para isso é estudar o seu mercado ao máximo.

Coragem

A pessoa que tem coragem, arrisca e investe no negócio, mesmo sabendo que pode ter perdas, reverses ou que até mesmo, esses resultados esperados possam demorar mais do que esperado. A pessoa que não tem coragem, ao enxergar as dificuldades, que são mais do que normais em qualquer tipo de negócio, vai de imediato recuar. Essas dificuldades imagináveis serão suficientes para fazê-lo parar. Mas lembrem-se que, todo negócio que deu certo, foi resultado de uma decisão corajosa.

Competência

Competência, a atitude primordial para um negócio evoluir. De nada adianta você ter boa vontade em vender hamburgers e nunca ter entrado em uma cozinha na vida. A qualificação é fundamental, tanto teórica quanto técnica. Empreender é conhecer a fundo seu próprio negócio, é conhecer todos os processos de funcionamento, é saber também reconhecer o momento certo de contratar pessoas qualificadas para lhe auxiliarem e que façam seu negócio crescer.

Já dizia Paulo Vieira: “Tem poder quem age, mais poder ainda quem age certo”.

Empreender, vai bem além do que investir uma grana alta e sentar em uma poltrona ao ar condicionado e esperar as coisas acontecerem. Enfim, empreender, requer atitudes.

Pense nisso!!!

Gostou do artigo? Compartilha com os amigos.