Bem vindo ao nosso site!

  • Localização Av. Pontes Vieira, 2401 – Dionisio Torres

  • Email contato@acicontabilidade.com.br

  • Whatsapp (85) 99922-6999

Blog

Contabilidade para clínicas, consultórios e profissionais da saúde

Clínicas, consultórios e profissionais da saúde

Com um planejamento especializado, nosso intuito é ajudar os profissionais da área da saúde e o Gerenciamento de Clínicas, consultórios e profissionais da saúde.

Já pensou como o profissional da saúde pode abrir seu consultório ou clínica e também ter o controle contábil necessário?!

Os principais pontos são:

  1. Abertura da empresa
  2. Escolha de uma boa assessoria contábil
  3. Gestão fiscal e tributária
  4. Gestão de recursos humanos
  5. Gestão financeira ou Fluxo de caixa

Sobre a Abertura de Empresa

Para abrir a empresa, ou realizar a sua regularização empresarial o Médico pode escolher alguns tipos de Natureza Jurídica que muitos conhecem como “Tipo de Empresa”, as Mais Usadas São:

  1. Sociedade Simples LTDA: Pode ser aberta entre Médicos e Pessoas Leigas (Não Médicos)
  2. Sociedade Simples Pura: Apenas realizada entre Médicos;
  3. EIRELI: Empresa Individual de Responsabilidade Limitada; Individual para Médicos que não possui sócios. Precisa de 100 salários mínimos como Capital Social inicial.
  4. ME ou EPP: Microempresa ou Empresa de pequeno porte individual que prestam serviços médicos diversos.

O processo é bem simples e rápido. Apenas precisamos registrar a empresa em alguns órgãos. O Fluxo é o seguinte:

  • Cadastro do Contrato Social no Conselho Regional de sua atividade
  • Registro no Cartório Pessoa Pessoa Jurídica
  • Cadastro CNPJ
  • Cadastro Prefeitura
  • Alvará de Funcionamento, Vigilância Sanitária, CNES, Entre outras Licenças dependendo da Atividade.

Logo, lhe tratamos algumas dicas de Abertura de Empresa para Clínicas, consultórios e gerenciamentos.

Tributação e gerenciamento

No que tange uma assessoria, ela será responsável por elaborar os demonstrativos contábeis de sua empresa, ajudando-a a manter um crescimento sustentável e organizado. Dentro dessa rotina, estão as atividades de:

  • Escrituração contábil
  • Elaboração dos livros caixa, diário e razão
  • Emissão de demonstrações contábeis
  • Arquivamento de documentos e cadastros em geral

Uma grande dúvida dos Médicos que pensam em ser Pessoa Jurídica é quanto vai pagar de impostos. Nós iremos detalhar em seguida as principais informações sobre o tema:

Temos 3 tipos de tributação:

  • Lucro Presumido
  • Simples Nacional
  • Lucro Real

Pela legislação atual referente a 2018, nós temos para os médicos pessoa jurídica as melhores opções são Lucro Presumido ou Simples Nacional.

O ideal mesmo é que cada empresa se adeque ao regime tributário de acordo com a realidade do seu dia a dia. Muitas vezes médicos e clínicas acabam escolhendo o Simples Nacional de imediato pensando que vão pagar menos impostos por conta de menos obrigações para com o fisco, porém nem sempre é assim e acabam pagando mais devido a sistemática de cálculo do regime.

Lucro Presumido geralmente se paga 11,33% de Impostos Federais mais o ISS de Fortaleza que pode variar entre taxa fixa e 5%.

Já no Simples Nacional, tudo mudou em 2018. A Alíquota que antes poderia iniciar em torno de 16,93% sobre o faturamento, agora pode iniciar em 15,5% ou até mesmo com APENAS 6%. Tudo vai depender de um bom PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO e controle contábil.

Vale lembrar também que quando falamos de recursos humanos, falamos em despesas com impostos, como por exemplo: as empresas no lucro presumido ainda precisam pagar um INSS patronal sobre folha de pagamento e pró-labore que pode chegar a 28% sobre o total pago. Dependendo da sua folha de pagamento, pró-labores e demais retiradas, seu planejamento pode ser efetivamente dependente desse quesito.

Um pouco complexo não? Não! Entendemos do assunto e te garantimos a maior economia fiscal dentro da legalidade.

Você pode perguntar então por que não escolher o Simples Nacional e não optar pelo Lucro Presumido já que a alíquota é maior? Nem sempre é assim, a lei estabelece regras de apuração dos impostos a recolher, por isso que é tão importante realizar um planejamento antes da tomada de qualquer decisão.

Sobre a Contabilidade e Controle Financeiro

Independente se optam pela Pessoa Jurídica ou não, após todo os trâmites iniciais, como qualquer entidade empresarial, os médicos e clínicas médicas também estão obrigados a manter a escrituração contábil ou a manutenção de seu livro caixa, realizando todo o gerenciamento financeiro.

Um ponto primordial para a boa gestão é de não esquecer de separar a pessoa física da jurídica. Atualmente com a tecnologia, podemos enviar e receber suas as informações pela internet. Temos sistemas financeiros e contábeis especializados que te auxiliam no controle e na tomada de decisão do dia a dia.

Para avaliar, portanto, qual das opções de organização e exercício da atividade devem ser adotadas, do ponto de vista tributário, é altamente recomendável que o Médico procure ajuda de um bom contador para avaliar a sua situação particular e ajudar na escolha da melhor opção.

Então, através de todo o estudo pré-estabelecido na área, a Aci Contabilidade pode te ajudar diretamente a constituir e manter a gestão sua clínica, seu consultório ou até mesmo sua Pessoa Jurídica por questões de estratégias de rendimentos.

Nosso foco é o seu crescimento!

“Nos conte com o que trabalha e montamos seu planejamento ideal”.

Att,

Thiago de S. Farias – CEO Aci Contabilidade

Contador / Auditor / Analista Fiscal